taxi-wellington
blitzfm-app
Caatinga

Univasf e Agrovale renovam convênio de recuperação da Caatinga e das matas ciliares do Rio São Francisco

Já foram identificados no bioma Caatinga 4,5 mil espécies vegetais, cerca de 184 mamíferos, 510 espécies de aves, 45 de anfíbios, 235 de peixes e 153 de répteis.

24/03/2020 13h06
Por: Clas Comunicação & Marketing
87
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Representantes da Agrovale e Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf, assinaram na semana passada em Juazeiro – BA, a renovação do convênio de pesquisa para continuidade dos trabalhos científicos de recuperação de áreas degradadas do bioma Caatinga e das matas ciliares do Rio São Francisco.

O projeto, que teve início em 2016, através de uma equipe multidisciplinar (biólogos, engenheiros agrônomos e estudantes) do Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas da Caatinga (CRAD), foi renovado por mais um ano com todo aporte financeiro e de infraestrutura sob a responsabilidade da empresa sucroalcooleira. De acordo com o diretor vice-presidente, Denisson Flores, este convênio, “além de ajudar na preservação do meio ambiente também vem obtendo resultados significativos no cuidado permanente com a fauna e flora deste que é o único ecossistema integralmente brasileiro", ressaltou. Já foram identificados no bioma Caatinga 4,5 mil espécies vegetais, cerca de 184 mamíferos, 510 espécies de aves, 45 de anfíbios, 235 de peixes e 153 de répteis.

Um dos principais objetivos da parceria Agrovale/Univasf é a investigação do processo de contenção do avanço biológico da espécie algaroba, atualmente um dos maiores gargalos para a recuperação de matas ciliares do Velho Chico. Com a renovação do convênio também terão continuidade os trabalhos de acompanhamento do desenvolvimento de espécies típicas das matas ciliares a exemplo do jatobá, ingazeira e o marizeiro, a partir do manejo dos locais invadidos pelas algarobas.

Para o professor da Univasf e diretor executivo do CRAD, René Cordeiro, a expectativa com a continuidade do projeto é a melhor possível. “Renovando esse convênio garantimos um maior aprofundamento nos estudos das invasões de espécies não nativas e o desenvolvimento de novas alternativas para recuperação das áreas ribeirinhas e contenção do desmatamento e da degradação ambiental”, concluiu.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
JuazeiroJuazeiro - BA
Petrolina - PE
Atualizado às 03h58
24°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
24°

Sensação

18.4 km/h

Vento

78.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
blitzfm-app-arranha-ceu
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas