Terça, 19 de Janeiro de 2021 02:37
11982533241
Política Mercosul

Bolsonaro diz que impasses no Mercosul são pontuais

Presidente elogiou os esforços do bloco no combate à pandemia

16/12/2020 14h05 Atualizada há 1 mês
Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução/Isac Nóbrega/PR
Foto: Reprodução/Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (16) que o governo vê no Mercosul “um aliado na promoção da agenda de reformas estruturais” que estão sendo levadas adiante no Brasil. Segundo ele, as diferenças entre os países integrantes do bloco não devem resultar em impasses que coloquem em risco a agenda comum de seus integrantes.

A declaração foi feita durante o discurso do presidente na 57ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados. “Ressalto que as diferenças entre nossos governos, na condução da agenda econômica e comercial, não devem levar a impasses que poderiam colocar em risco o andamento de nossa agenda comum”, disse o presidente ao defender que o bloco dê seguimento às ações focadas em pontos de convergência.

De acordo com Bolsonaro, a busca pelo consenso no Mercosul “não significou inércia ou estagnação”. “Atuamos com flexibilidade e pragmatismo para que nossos pontos de convergência prevalecessem sobre nossas diferenças. Isso é o que continuaremos a fazer em 2021”.

“Ao continuar fiel a seus propósitos originais de abertura econômica e inserção positiva no cenário internacional, o Mercosul fortalece os esforços que estamos fazendo para aprimorar o estado brasileiro. Nesse mundo em constante mudança, a capacidade de adaptação de nosso bloco é fundamental para mantermos nossa relevância”, acrescentou.

Para o presidente brasileiro, além de promover a integração regional, o Mercosul é “instrumento crucial” para que seus integrantes alcancem o crescimento econômico sustentado, aprofundando a inserção internacional de suas economias e melhorando a qualidade de vida de seus povos.

Pandemia

Bolsonaro elogiou os esforços de integrantes do bloco no combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19). “Este foi um ano totalmente atípico. Tivemos crise sanitária sem precedentes em escala global, e precisamos socorrer nossas populações”, disse Bolsonaro ao defender que, em 2020, o sucesso do Mercosul seja medido “pela resiliência e perseverança do bloco de nossos governos em salvar vidas e proteger nossas economias”, e não apenas pela quantidade de normas e acordos concluídos.

Acordos

Bolsonaro elogiou a conclusão do acordo do comércio eletrônico do Mercosul. Segundo ele, “essa é mais uma demonstração de que o bloco pode funcionar com agilidade para atender os interesses de nossas sociedades”.

“No âmbito comercial, não posso deixar de manifestar preocupação com o ressurgimento de entraves pontuais entre os estados partes. Devemos deixar de lado essas discordâncias que pertencem a um passado já superado. Precisamos trabalhar juntos para não sermos ultrapassados por outros mecanismos que almejam objetivos similares aos nossos”, disse. 

O presidente se disse convicto de que os projetos de integração são ancorados não apenas em premissas econômicas, mas em “princípios e valores democráticos dos quais não podemos abrir mão”.

“A democracia está na essência do Mercosul. Precisamos reforçar ainda mais a natureza democrática do Mercosul e atuar de forma proativa em favor da liberdade em nossa região. Estou confiante de que podemos tornar o bloco novamente um ator relevante nessa temática”, afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Petrolina - PE
Atualizado às 02h25 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 35°

25° Sensação
15 km/h Vento
61% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Quinta (21/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias